Museu Histórico de Rolante em tempos de COVID-19

 

Hoje, 18 de maio, comemoramos o Dia Internacional de Museus, todos os anos neste período nosso Museu realizava diversas atividades e ações educativas recebendo em torno de 300 visitantes, principalmente os alunos de nossas escolas. Este ano nossa realidade está bem diferente, estamos inseridos em meio a uma pandemia, em que precisamos respeitar as medidas de isolamento social, e por isso estamos fechados para o público. Mas por outro lado estamos intensificando as atividades museológicas internas da instituição.

             Neste ano a reserva técnica, local onde é armazenada a maioria das peças, ganhou um novo ambiente, mais amplo e adequado. Neste local são realizadas atividades como: registro, catalogação, conservação e pesquisa em seu acervo. Todas as peças foram higienizadas, catalogadas e fotografadas; as peças em madeira foram tratadas e imunizadas contra cupins; os arquivos foram reorganizados de acordo com as normas técnicas e agora estão sendo digitalizados.

 Mas como ficam as atividades educativas que a instituição sempre realizava? Com base nesta pergunta, o Sistema Estadual de Museus se posiciona: sugere as suas instituições o envio de links para passeios virtuais dos museus com possibilidade de visualização de seu acervo permanente. Endereços eletrônicos próprios, trabalhos eletrônicos específicos e material produzido em vídeo pelo canal YouTube podem ser muito úteis para o caso”. (Sistema Estadual de Museus – SEMRS).

 Com base nessa sugestão, o Museu Histórico de Rolante criou o projeto “Fragmentos da nossa História”, que consiste em produzir uma série de vídeos sobre a história do nosso município. O estudo e a produção dos vídeos serão baseados em pesquisas no acervo da instituição e fontes historiográficas. Os vídeos serão postados semanalmente, em mídias sociais e no YouTube. O projeto pretende abordar as seguintes temáticas: Arqueologia/Indígena; Tropeirismo; Imigrações/Migrações; Religiosidade; Tradições; Sociedades de Canto; Emancipação Política; Meios de Transporte e Comunicação; Prédios antigos, Comércios e Economia; Ensino; Esporte; Saúde; Geografia, paisagens e Enchentes.

             Através destas atividades será uma maneira de demonstrar, aos visitantes virtuais, que o Museu está se adaptando a situação. A utilização das mídias sociais se tornou uma alternativa muito eficaz neste momento.

          A coordenação do Museu é realizada pelo historiador Igor Tierres Glaeser que está direcionando esta nova fase de reorganização do museu e trabalhando no estudo e no projeto da produção de vídeos.

 

                                                                                                     Comunicação | Prefeitura de Rolante

 
































Compartilhar