13ª Primavera dos Museus de Rolante: oportunidade única para conhecer a história

O que você acha de aprender mais sobre o universo dos museus e ter contato direto com oficinas de restauração, por exemplo? Se você gostou da ideia, precisa correr porque começa hoje a 13ª Primavera dos Museus, em Rolante.
A primavera começa hoje e com ela tem início a programação da 13ª Primavera dos Museus realizada pelo Museu Histórico de Rolante, com uma série de atividades ao longo da semana, no Espaço Cultural. O projeto, realizado pelo Museu Histórico de Rolante, com apoio da Prefeitura, através do Departamento de Cultura, busca apresentar aos visitantes o acervo da reserva técnica do Museu e desenvolver atividades sobre registro, conservação e restauro do acervo museológico, tendo como tema “Um olhar para o patrimônio do museu”.
O coordenador do Museu, Igor Tieres Glaeser, preparou uma exposição para que a comunidade e os estudantes de todas as redes de ensino, mediante agendamento das escolas, possam conhecer os bastidores da instituição e os registros do acervo. Depois de uma breve explicação, será realizada uma visita guiada ao acervo.  Para concluir a atividade, os alunos poderão conversar sobre quais peças acharam mais interessantes e o motivo, sendo, desta forma, um meio de incentivar a curiosidade sobre a história dos objetos.
Glaeser conta, orgulhoso, que o acervo do Museu é composto por 657 peças registradas, todas doadas por pessoas da comunidade.  O trabalho de preservação de cada peça é feito pelo próprio coordenador do Museu. As peças são higienizadas, catalogadas e registradas no livro boneco. O trabalho de catalogação é demorado. Cada peça é fotografada, e é feita uma investigação detalhada sobre cada uma para informar o peso, dimensões, estado de conservação, quem e quando doou, entre outras informações.
De todas as peças, para Glaeser as cerâmicas e os artefatos líticos (pedras lascadas ou polidas), são as mais interessantes. “Aqui temos cerâmicas e líticos de mais de 2 mil anos, com marcas que nos comprovam que foram lascados para que os índios pudessem fazer pontas de flechas”, explica o coordenador do Museu de Rolante.
No acervo composto por peças tridimensionais Glaser destaca as porcelanas e os talheres e, em especial, um conjunto de colheres de chá com gravação na base de cada colher e não apenas no cabo, como era o costume. 
As crianças vão se encantar com tantos objetos diferentes que a maioria talvez só conheça de histórias contadas pelos pais ou avós e que vão poder ver bem de perto e descobrir a utilidade deles na época em que eram novidade.
 
Quem for à exposição poderá ouvir música num eltrofone da década de 70 que ainda está em perfeito funcionamento. Ficou curioso? Então não perca a oportunidade de conhecer de pertinho o eletrofone e muitas outras peças interessantes do acervo do Museu de Rolante.
 
 

 

 


 
Programação:
Dia 23/09 – 19h: Oficina “Preservação e restauro de acervos bibliográficos” com a bibliotecária do IFRS, Aline Terra Silveira. Público alvo: comunidade em geral.
Dia 24/09 – 14h: Palestra “Restauração de pequenas peças em madeira”, tendo como palestrante a artista plástica Josélia Vianna. Público alvo: comunidade em geral.
Exposição “Um olhar para o patrimônio do museu”:
23/09 (segunda-feira) – 8h30 às 9h45 / 10h às 11h15
24/09 (terça-feira) – 8h30 às 9h45 / 10h às 11h15
25/09 (quarta-feira) – 8h30 às 9h45 / 10h às 11h15 / 13h30 às 14h45 / 15h às 16h15
26/09 (quinta-feira) – 8h30 às 9h45 / 10h às 11h15 / 13h30 às 14h45
27/09 (sexta-feira) – 8h30 às 9h45
 
Agendamento pelo telefone: (51) 3547-1351
Espaço Cultural está localizado na Avenida Getúlio Vargas, 62, centro.


 






























Compartilhar