Secretaria de Saúde de Rolante disponibiliza transporte para doadores de sangue

A Secretaria Municipal de Saúde de Rolante está disponibilizando transporte para as pessoas interessadas em doar sangue no Hemocentro, em Porto Alegre, no dia 25 de setembro.
Levar doadores para Porto Alegre é muito importante para o município, tendo em vista que o Hemocentro fornece sangue para o hospital de Rolante, que funciona como um banco de sangue.
O ônibus, ou micro, sairá do Posto do Centro (Rua Conceição, 702), às 7h. Os doadores devem cadastrar-se na Secretaria de Saúde ou com os agentes comunitários de saúde da região onde residem até o dia 23 de setembro.
Doar sangue não dói e é rápido. Salva vidas e faz bem a quem recebe e a quem faz a doação.
Os colegas de trabalho, a acadêmica de Engenharia Civil Bruna Caroline Schmidt, 23, e o bacharel em Administração, Eliézer Fraga Torres dos Reis, 29, já doaram sangue algumas vezes.
“A última vez que doei sangue foi em fevereiro deste ano. Sei que sempre precisam de doadores e é um ato tão simples, mas que é essencial para salvar vidas. Acho que todos temos que fazer a nossa parte”, fala Bruna.
“A primeira vez que doei sangue foi em 2014. Vejo que esta é uma forma de fazermos a nossa parte enquanto cidadãos”, salienta Reis.


Doação de Sangue
A doação de sangue e seu processamento são fundamentais para garantir a disponibilização de componentes sanguíneos para os pacientes que necessitam de transfusão, como vítimas de acidentes, que necessitam de cirurgias ou outras situações clínicas. Se cada cidadão saudável doasse sangue pelo menos duas vezes por ano, não seriam necessárias campanhas emergenciais para coletas de reposição de estoques. O sangue não tem substituto e, por isso, a doação voluntária é fundamental. Uma simples doação pode salvar muitas vidas.
Toda pessoa em boas condições de saúde pode doar sangue sem qualquer risco ou prejuízo à sua saúde.

Para doar sangue é necessário se enquadrar nos seguintes critérios:
•Estar em boas condições de saúde;
•Apresentar documento oficial de identidade com foto;
•O limite de idade para a primeira doação é de 60 anos;
•Ter idade entre 16 e 69 anos, sendo que os candidatos a doadores com menos de 18 anos deverão estar acompanhados pelos pais ou por responsável legal;
•Pesar nomínimo 50 Kg com desconto de vestimentas;
•Não estar em jejum e evitar alimentação gordurosa;
•Ter dormido pelo menos 6 horas antes da doação;
•Não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação;
•Não fumar pelo menos duas horas antes da doação.

Impeditivos temporários para doação de sangue:
•Gripe ou febre;
•Gestantes ou mães que amamentam bebês com menos de 12 meses;
•Até 90 dias após aborto ou parto normal e até 180 dias após cesariana;
•Tatuagem ou acupuntura nos últimos 12 meses;
•Exposição à situação de risco para a AIDS (múltiplos parceiros sexuais, ter parceiros usuários de drogas);
•Herpes labial.

Outros critérios que impedem a doação serão verificados por ocasião da entrevista de triagem.

Impeditivos definitivos para doação de sangue:
•Doença de Chagas;
•Hepatite após os 11 anos de idade;
•Ser portador dos vírus HIV (AIDS), HCV (Hepatite C), HBC (Hepatite B), HTLV;
•Uso de drogas injetáveis.

Outros critérios que impedem a doação serão verificados por ocasião da entrevista de triagem.

Intervalos que devem ser respeitados entre as doações:
•Mulheres: período de 90 dias/máximo de 3 doações nos últimos 12 meses;
•Homens: período de 60 dias/máximo de 4 doações nos últimos 12 meses.






























Compartilhar