Administração transforma 1ª Motoniveladora adquirida pela Prefeitura de Rolante em monumento

A Administração Municipal inaugurou nesta sexta-feira, 16, o Monumento da 1ª Motoniveladora de Rolante, ao lado do Espaço Cultural, na Avenida Getúlio Vargas, às 10h.
O evento, que integra a III Semana Municipal do Patrimônio, é uma forma de manter vivo na memória da comunidade o trabalho dos pioneiros e valorizar os esforços para o desenvolvimento infraestrutural e econômico do município.
A inauguração foi organizada pelo Departamento de Turismo, em parceria com o Departamento de Cultura, pois além de ser um patrimônio histórico, a motoniveladora ou “patrolinha”, como é carinhosamente chamada pela comunidade, é um atrativo turístico que encanta, principalmente, as crianças que passam por ali. Antes mesmo de ser revitalizada, era comum ver crianças brincando na máquina quando estavam saindo da escola ou nos finais de semana. Agora poderão brincar à vontade e os pais vão ter um lugar para sentar, conversar e tomar um chimarrão, já que foram colocados bancos próximos à patrolinha e foi feito ajardinamento do local, tornando-o um ambiente bastante agradável.
A singela solenidade de inauguração tornou-se um momento muito especial em função da presença do ex-prefeito de Rolante, que teve a coragem de adquirir esta máquina, em 1966, Hugo Timmen, 84 anos, e também do primeiro operador da motoniveladora, Edvino Schierholt, 78.
“Naquela época quase todo o serviço era braçal. Os caminhões levavam o material, despejavam na estrada e os funcionários da Secretaria de Obras espalhavam com chipa. Tínhamos muitas estradas para cuidar e tudo demorava muito tempo. Nossa frota era composta por duas caçambas boas, uma antiga e apenas um trator já com bastante tempo de uso. Então, quando surgiu a oportunidade de comprar a motoniveladora, conseguimos o apoio de alguns empresários que foram fiadores no financiamento que fizemos para pagar, parceladamente. Foi uma grande conquista para o município porque com ela o trabalho que os funcionários levavam cinco dias para fazer conseguíamos concluir em um dia. Esta inauguração é um marco importante para as novas gerações. A história tem que ser preservada para que as pessoas saibam como tudo começou. Antes de mim outros também tentaram fazer o melhor que podiam, dentro das condições que tinham, e assim cada novo prefeito vai tentando aperfeiçoar, mas temos que lembrar que tudo tem um começo”, conta o ex-prefeito Hugo Timmen.
O primeiro operador da patrolinha, como ele mesmo se refere à máquina, se emociona quando lembra que foi o escolhido para operá-la e de tantas obras importantes nas quais trabalhou.
Uma das primeiras obras significativas onde Edvino Schierholt trabalhou foi a preparação da Avenida Borges de Medeiros para receber calçamento, o primeiro local a ser pavimentado no "município.
Trabalhei muito com a patrolinha. Fiz o traçado novo para a estrada do Morro Grande, fiz valeteamento e os acabamentos até o Morro da Asa Delta; trabalhei na obra da ponte que liga o centro ao Bairro Contestado e cheguei até a patrolar a estrada que liga Rolante a Taquara. Ela foi muito útil e revolucionou este serviço, dando agilidade a um trabalho que era braçal. Este monumento é uma recordação muito bonita daquela época. Passo por aqui e seguidamente vejo crianças brincando. Por tudo que conseguimos fazer com esta máquina acho que ela merece, sim, ser transformada num monumento”, fala, emocionado, Edvino Schierholt.
O atual prefeito, Régis Zimmer, neto do primeiro prefeito de Rolante, Hugo Zimmer, acredita que a inauguração do monumento é uma forma de valorizar e reconhecer o trabalho de todos que já deram a sua contribuição para o município.
“Além de preservarmos o patrimônio e a história, mantemos os valores culturais da nossa comunidade através do trabalho desenvolvido pelo Departamento de Cultura. Esta inauguração simboliza as conquistas da administração pública em Rolante ao longo do tempo. Numa época em que praticamente todo o trabalho era braçal, adquirir uma máquina destas, que custava uma pequena fortuna, demonstrava ousadia e coragem”, conclui o prefeito Régis Zimmer.

O evento contou com a presença dos vereadores Ricardo Raimundo (Ricardinho), Elton Arnhold (Eltinho), secretário Municipal de Saúde, Lenoir Schönardie, supervisor geral de Obras, Airton Trevizani da Rosa, coordenador geral de Gabinete, Geovani Friedrich, diretora de Cultura, Joyce Reis, diretora de Eventos, Sonia Rocha, representantes de entidades, familiares e amigos de Hugo Timmen e Edvino Schierholt.































Compartilhar